RSS

Planetário (Astronômia)

Astronômia (Curiosidades)

O céu é visto do mesmo jeito, com as mesmas constelações, no mundo inteiro???

A posição das estrelas e constelações mudam de acordo com a hora e o local de observação. Segundo Ednilson Oliveira, doutorando do Departamento de Astronomia do Instituto Astronômico e Geofísico da USP, o céu fica diferente conforme a distância de um lugar a outro. Na mesma data e no mesmo horário, por exemplo, o céu de São Paulo não é o mesmo visto em Brasília. Também existem constelações no hemisfério norte que nunca veremos no hemisfério sul, como Ursa menor e a estrela Polaris. Já pessoas que estão no hemisfério norte não veêm o cruzeiro do Sul.

(Fonte: Guia dos Curiosos – O livro das perguntas e resposta.)

Você sabia?
-A luz do sol quando refletida pela lua, demora 1,3 segundos para completar a distância que a separa da Terra.
-Em 1957 foi enviado ao espaço a cadelinha Laika, pela antiga União Soviética. Na nave, ela morreu por aumento na temperatura do seu corpo.
-A velocidade da luz é definida como 299 792 458 metros por segundo, o mesmo que 1 079 252 848,8km/h .
-A temperatura média na superfície do Sol é 5.500°C e no seu núcleo, 15.000.000°C .
-Existem 5 planetas-anões no Sistema Solar: Ceres, Plutão, Haumea, Makemake e Éris.

-A distância que separa a lua da terra corresponde, em média, a 384.000 km enquanto que 384 unidades dessas, completam a distância que separa a terra do sol .
-Titã é o único satélite natural no Sistema Solar que tem atmosfera própria.
-Estima-se que a nossa galáxia, a Via-Láctea, é composta por aproximadamente 200 bilhões de estrelas.
-Se morássemos em Netuno, nunca faríamos aniversário, pois um ano é o tempo que o um planeta leva para dar a volta ao Sol, e Netuno leva 165 anos terrestres para fazer essa trajetória.
-A constelação do Cruzeiro do Sul é formada por 54 estrelas; porém, somente 5 são visíveis a olho nú.
-Uma estrela anã é tão densa que ali um objeto do tamanho de um dado pesaria como um carro.
-Estima-se que a nossa galáxia, a Via-Láctea, é composta por aproximadamente 200 bilhões de estrelas.
-A estrela mais próxima de nós depois do Sol foi descoberta em 1915 pelo astrônomo Robert Innes é chamada Proxima Centauri, sendo que a sua luz demora 4,22 anos para chegar a Terra.
-Júpiter tem 63 satélites naturais.
-Um dos satélites naturais de Júpiter, conhecido como S/2003 J 12, tem em média 1km de diâmetro.
-Saturno é o planeta menos denso do Sistema Solar. Tanto que se existisse um oceano gigante, Saturno flutuaria nele.
-Netuno tem os ventos mais fortes de qualquer planeta no sistema solar, que podem atingir os 2100 Km/h.

(Fonte: http://coisasdivertidas.wordpress.com/2009/02/23/curiosidades-sobre-astronomia/ )

Falando sobre Eclipses:

Dois mil e quinhentos anos antes de Cristo, na China, um astrólogo poderiaperder a cabeça por se equivocar na previsão de um eclipse Solar.     O primeiro registro de um eclipse total do Sol é da Mesopotâmia, e data doano 1375 a.C..    Baseado em conhecimentos adquiridos no Egito, o astrônomo gregoPtolomeu formulou ao redor de 157 a.C. um complexo esquema de cálculospara prever a ocorrência de eclipses de Sol e de Lua.     Antes da existência dos modernos relógios atômicos, os antigos astrônomosbaseados no registro de ocorrência de eclipses- conseguiram detectar que, acada século, o tempo de rotação da Terra diminui em 0,001 segundo.    A duração máxima de um eclipse total é de 7,5 minutos.    Um eclipse solar total não é perceptível até que mais de 90% do Sol estejaencoberto pela Lua. Quando o Sol é 99% encoberto, a luminosidade ainda é ade um crepúsculo corriqueiro.     A sombra de um eclipse se desloca à velocidade aproximada de 1.600 Km/hno equador e a mais de 7.500 Km/h próximo dos Pólos.     O número máximo de eclipses solares (parciais ou totais) durante um ano é     Acontecem pelo menos dois eclipses de Sol por ano em algum lugar da  Terra.     Apenas os eclipses solares parciais podem ser observados dos Pólos.     Eclipses totais de Sol acontecem numa média de um a cada ano e meio.      Um número praticamente idêntico de eclipses Solares totais e parciaisacontecem em um período de 18 anos e 11 dias (ou a cada 6.583,32 dias),num ciclo chamado “Ciclo de Saros”.      A cada Ciclo de Saros, os eclipses se repetem a uma distância de 1/3 doperímetro da Terra, e após 3 ciclos (54 anos e 33 dias), um eclipse acontecenovamente numa mesma localidade.      Todo eclipse começa pela manhã, em algum ponto do planeta, e terminanum pôr-do-sol, no extremo oposto a esse ponto inicial.       Durante um eclipse total do Sol, aves e outros animais da região se preparam para dormir ou agem de maneira confusa quando o eclipse atinge atotalidade.      Durante a totalidade de um eclipse solar, a temperatura pode chegar abaixar até 20°C.      Um eclipse ocorrido em 1919 foi utilizado para confirmar a teoria daRelatividade de Einstein.       

(Fonte: informações e números da NASA e Agência Espacial Européia) http://www.ifi.unicamp.br/~accosta/astron/curiosid%20astronom.html

 

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: